VENDA CASADA te faz perder dinheiro e é ILEGAL!

VENDA CASADA te faz perder dinheiro e é ILEGAL!

Imagine que você vai vai ao banco pedir empréstimo, a gerente diz que só vai liberar se você fizer a abertura de uma conta poupança

Ou então, você quer um cartão de crédito mas você precisa contratar um seguro ou um título de capitalização.

Isso já aconteceu com você?
Saiba que isso é venda casada e além de te fazer perder dinheiro, é ilegal.

Pelo Código de Defesa do Consumidor, a Lei 8078 / 90, artigo 39º, “é vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, condicionar o fornecimento de produto ou de serviço ao fornecimento de outro produto ou serviço, bem como, sem justa causa, a limites quantitativos”. Ou seja, nenhum fornecedor pode te forçar comprar um produto para então adquirir o produto que você quer.

Vamos para mais alguns exemplos de venda casada que acontecem no nosso dia a dia:

1 Compra de passagens e contratação de hotel, contrato de seguro de viagem vendidos de forma conjunta por agencias de turismo. Você tem q ter a opção de comprar separado.

2 Consumação minima. Você chega em um bar e recebe o aviso de que terá de consumir no mínimo R$ 30. Ou então, um prato do restaurante só pode ser pedido para 2 ou mais pessoas.

É possível impor limites quantitativos desde que haja justo motivo. No caso de cobrança de consumação mínima não há justificativa alguma para se determinar o valor mínimo de consumação.

3 Você quer aquele brinquedo do lanche de fast food para o seu filho. Mas você precisa comprar o hamburguer, a batata e o refrigerante. É ilegal. Eles tem q vender o brinquedo separado sim

4 Combos tv, internet e telefone que não podem ser vendidos separadamente também é venda casada

5 Você vai ao cinema e tem que consumir os produtos de lá como a pipoca, refrigerante, balas etc..

6 Em casamentos ou formaturas , muitas vezes, ao fechar negócio com o salão de festas X, a decoração ou a filmagem só pode ser feita pela empresa Y

7 Concessionárias de Veículos ou Revendedoras obrigam a contratação de seguro de automóvel em empresas que eles escolheram.

8 Quando aparece na fatura do cartão de crédito um item “seguro perda e roubo”, alguém te ofereceu esse seguro? Você aceitou?

Todas essas situações impedem a liberdade de escolha do consumidor. Por isso, a venda casada é considerada um crime contra as relações de consumo.

Não aceite esta imposição. Fale com o gerente do estabelecimento e, se ainda assim for negada a compra do produto ou contratação do serviço separado, denuncie ao Procon de sua cidade, você pode ser reembolsado em até o dobro do que pagou.

INSTAGRAM: @abcdinheiro

Sou formada em Administração e apaixonada por finanças pessoais. Quero ajudar cada vez mais pessoas lidarem melhor com o dinheiro para realizar seus sonhos.

Deixe um comentário