tempo e dinheiro

Tempo é dinheiro: porque você deveria pensar dessa forma

Existem centenas de maneiras de ganhar dinheiro. Eu já mencionei algumas: vender suas roupas, criar o seu blog, vender o seu celular, alugar sua casa ou apartamento, hospedar animais, vender artesanato, emprestar dinheiro, dar aulas particulares, compartilhar seu carro, gastar dinheiro (cashback) ou até mesmo viajar de graça. Trabalhar para uma empresa, você troca o dinheiro pelo seu tempo (conhecimento, habilidade, talentos). Claro que você pode trabalhar porque gosta, mas não significa que você vai trabalhar gratuitamente, não é mesmo. Por isso, seu tempo é dinheiro.

Vamos pensar, um funcionário que trabalha 44 horas por semana a um preço de R$9,5 por hora em valor bruto, ou R$8 líquido por hora. Pode-se dizer que uma hora do tempo dele é R$10 fazendo um arrendondamento, sem considerar os impostos. Menciono isso porque quero chamar a atenção para a relação tempo e dinheiro, eu sempre tento avaliar os potenciais ganhos por hora dos aplicativos e sites que eu testo para saber se em um novo negócio é possível ganhar ou economizar dinheiro.

Rentável ou não rentável?

Para você, o que é rentável? Procurei no dicionário e encontrei a seguinte definição:

Que dá boa renda

O meu trabalho é rentável
o meu trabalho dá um bom dinheiro

Então vamos pensar neste sentido: uma pessoa comum que trabalha 44h por semana, ganha em média R$1760,00, sendo a hora equivalente à R$10. O que você pensa disso? Você considera isso rentável? Já fez as contas de quanto vale a sua hora de trabalho?

A maioria dos aplicativos e sites que testamos no site fazem a matemática dinheiro X tempo valer a pena. Por isso, definimos as ideias que serão rentáveis ou não para você, leitor. E além disso, informamos os golpes e fraudes que você pode encontrar durante a caminhada por oportunidades de ganhar dinheiro.

Seu tempo vale o mesmo , você trabalhando ou não.

Um segundo é um segundo não importa o que você faz ou onde você está.

Já posso ouvir alguns dizerem “Dizer que eu ganho 10 reais por hora no meu tempo de trabalho é bom, mas não importa quando eu chegar em casa. Quando estou em casa eu ganho 0 reais ” Mas isso é uma questão de perspectiva.

Pense comigo, se você perder 2 horas para ir em um supermercado do outro lado da cidade e economizar 7 reais na sua lista de compras, não vai fazer você ganhar mais dinheiro: o seu salário por hora de 10 reais representariam mais. Mas se você usar essas duas horas para algo mais? Por exemplo, aprender uma língua. Escrever um blog. Procurar oportunidades de trabalho como freelancer. Compartilhar seu carro. Responder pesquisas. Existem dezenas de maneiras de usar seu tempo! Usá-lo para economizar 7 reais na sua lista de compras (e eu nem comentei da gasolina, né?) certamente não é o mais inteligente. Pelo contrário, o que eu apresento a vocês é tentar maximizar o seu tempo e usá-lo em atividades que, a curto ou a longo prazo, pode realmente trazer-lhe mais dinheiro. E porque não um dia a mais com 10 reais por hora. Quais atividades estou falando? Eu acho que você já sabe.

A mentalidade ” Tempo é dinheiro “, se usada corretamente irá permitir um melhor uso do seu tempo , associando o dinheiro extra. 

Tempo é dinheiro

Eu sei que “Tempo é dinheiro” é visto de forma negativa. É facilmente associado com os tubarões financeiros e de seres humanos, sem almas que pensam apenas em milhares ou milhões de reais que eles podem ganhar. Não é bem assim, adotar esta mentalidade não tem nada de ruim. Se bem implementada, ela permite que você tome melhores decisões: você levará em conta vários aspectos (o ganho ou poupar dinheiro com economia de tempo) em vez de um (economizando dinheiro e tempo). Além disso, se você tem metas financeiras, essa mentalidade é importante. 

Se você não está convencido, leia essa tradução que fiz de um artigo do blog Les Affaires. Este é um exemplo no mundo dos investimentos, mas a mensagem é a mesma que a minha. Você poderia pagar alguém para fazer uma tarefa repetitiva ou não rentáveis (neste exemplo, limpeza) para se dedicar as horas assim economizados para atividades mais rentáveis (neste exemplo, a pesquisa financeira):

Vamos usar o exemplo de um indivíduo que tem US $ 800.000 para investir.

Suponha que ele recebe, em média, 10% de retorno por ano. Seu lucro equivale, portanto, a US $ 80.000, e gradualmente aumenta à medida que reinveste seus lucros. Se ele mantém uma casa de tamanho médio que ele mesmo limpa, pode-se estimar que ele deve dedicar a esta tarefa, pelo menos, seis horas a cada duas semanas. Depois de um ano, temos mais de 300 horas.

Se o nosso indivíduo pensa que ele tem a capacidade de aumentar seu rendimento de pelo menos 1% em dedicar estes 300 horas à pesquisa financeira, chegamos a uma taxa horária de US $ 27 por hora ($ 8.000 / 300) . Assim, se pode contratar uma pessoa para fazer o trabalho a um preço mais baixo, ele ganha uma grande vantagem. Ao dedicar mais horas para a literatura financeira, o conhecimento se acumula, e suas chances de gerar retornos vai melhorar.

Se você ainda não está convencido, ao longo dos artigos no site vou explicar mais sobre essa mentalidade.

Boa leitura!

[Total: 1    Média: 5/5]

 Fonte da foto: Obrigada, Alexas

Sou formada em Administração e apaixonada por finanças pessoais. Quero ajudar cada vez mais pessoas lidarem melhor com o dinheiro para realizar seus sonhos.

Deixe um comentário