O que é BITCOIN e para que servem as MOEDAS DIGITAIS?

Bitcoin valorizou mais de 1000% em 2017.

Foi o assunto do momento e continua sendo.

Em janeiro, ele valia 1.000 dólares e em dezembro de 2017, 17 mil dólares.

Neste vídeo eu vou falar,

  • O que é bitcoin
  • Como ela é usada?
  • Como é produzida?
  • Minha opinião pessoal
  • E outras criptomoedas que renderam mais que a bitcoin

O que é bitcoin?

É uma moeda, assim como o real e o dólar, mas com diferenças

1. Não tem intermediários

Imagine que eu quero te enviar dinheiro, então para isso, eu preciso que o dinheiro passe por um banco para ele chegar até você.

O banco no caso, é o intermediário.

Com bitcoin é diferente, eu posso passar para você, sem uma instituição financeira como intermediária. Por isso ele é chamado de sistema de pagamento peer-to-peer (ponto-a-ponto).

2. Existe uma tecnologia por trás, chamada de Blockchain

Quando você usa Bitcoin para comprar algum produto ou serviço, por exemplo, a assinatura digital daquela moeda deixa rastro que mostra que ela saiu de um lugar e foi para outro.

O BlockChain que garante que cada moeda chegue ao destino certo e impede que seja usada mais de uma vez através de um registro eletrônico descentralizado.

3. Ela não existe fisicamente, ou seja, você não vai colocar a mão no bolso e tirar um Bitcoin.

As moedas virtuais são guardadas em uma espécie de carteira, na internet.

Como ela é usada?

Ela é usada como

1. Reserva de valor

A Bitcoin não sofre com a inflação porque é descentralizada.

As pessoas usam como reserva para fugir das desvalorizações altas da nossa moeda. O problema é que ela é muito volátil e nesse tempo que é usado como reserva financeira, pode desvalorizar muito.

2. Transações

Enviar Bitcoin para um vizinho leva o mesmo tempo que enviá-la para alguém na Austrália: um processo parecido ao envio de um e-mail e que a confirmação toma algum tempo. Além disso, não é preciso pagar taxas bancárias, apenas os custos de transação próprios da rede

3. Pagamentos de bens e serviços

As transferências internacionais por meio de criptomoedas já são comuns entre muitos profissionais , que costumam prestar serviço para clientes no exterior. As vantagens de utilizar a Bitcoin para isso são a maior agilidade e o menor custo. No Brasil, não é muito comum mas o Japão por exemplo, reconheceu oficialmente as moedas digitais como meio de pagamento.

4. Especulação

É basicamente compra e venda. Comprar na baixa e acreditar que o preço vai subir para vender e ter lucro.

Como é produzida?

Esta moeda digital é produzida por milhares de computadores ao redor do mundo através da chamada mineração. De forma resumida, esses computadores resolvem problemas matemáticos complexos e para cada conjunto de problemas resolvidos, os mineradores recebem como recompensa uma fração de Bitcoin.

O nível de dificuldade dos desafios vai aumentando, para que a moeda cresça dentro de uma faixa limitada, que é de até 21 milhões de unidades até o ano de 2140.

Todas as moedas e todas as transações feitas com elas ficam registradas na rede de internet – em um espaço conhecido como “blockchain”, uma espécie de banco de dados descentralizado que usa criptografia para registrar as transações.

Dessa forma, os arquivos não podem ser copiados ou fraudados e as transações não podem ser rastreadas.

Minha opinião pessoal

A Bitcoin está longe de ser usado como moeda do dia a dia.

Acho muito difícil no futuro, você comprar um pão na padaria com o Bitcoin. Hoje, ele atrai mais pela curiosidade do que realmente pela sua utilidade como moeda.

Por que você gastaria Bitcoin comprando um cafezinho, se amanhã essa moeda vai valer o dobro. Mas isso não significa que outras moedas não possam ser usadas para isso, existem mais de 1.000 moedas digitais além da Bitcoin e muitas delas eu acredito que mudarão nossa relação com o dinheiro.

As transações com a criptomoeda Litecoin por exemplo, são mais rápidas e tem o limite de 84 milhões, bem acima dos 21 milhões do bitcoin.

Alguns exemplos de moedas que renderam mais que a Bitcoin

  • Litecoin +6.100%
  • Monero +2.840%
  • NEO: +99.477%
  • Ripple: 41.040%
  • Verge: + de 1.043.000%

E aí, vale a pena comprar essas moedas digitais?

Você já tem bitcoins ou outras criptomoedas? Conte aqui nos comentários.

Siga também no Instagram!

[wdi_feed id=”1″]

Receba as melhores dicas para ter uma vida financeira EQUILIBRADA!

(Eu também odeio SPAM!)

Kalina Barsante

Sou formada em Administração e apaixonada por finanças pessoais. Quero ajudar cada vez mais pessoas lidarem melhor com o dinheiro para realizar seus sonhos.

Website: http://www.abcdinheiro.com/sobre-mim/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *