6 emoções que te impedem de enriquecer!

6 emoções que te impedem de enriquecer!

A relação com o dinheiro está longe de ser uma questão simples e fácil apenas com o conceito de: gaste menos do que ganha.

Se você não sabe porque não consegue controlar seus gastos, vou explicar como e quais emoções afetam a sua relação com seu dinheiro.

Dinheiro é emocional

Porque existem pessoas que ganham 10.000 por mês, gastam 12.000 e estão constantemente endividadas e outras que ganham 2.000, gastam 1.000 e conseguem investir?

Porque o dinheiro é mais emocional que racional, por mais incrível que possa parecer. Nossos gastos e consumos são realizados através de disparos emocionais e impulsos. Ou seja, enriquecer não depende do quanto você ganha, a sua riqueza depende apenas da sua emoção em relação ao dinheiro.

O que te faz perder dinheiro (os sabotadores)

1 Ansiedade

Talvez você esteja preocupado(a) em perder dinheiro porque alguém da sua família ou você mesmo já passou por dificuldades financeiras. Seja qual for sua história, a ansiedade sobre o dinheiro pode afetar suas finanças em qualquer momento.

As preocupações relacionadas com o dinheiro impedem as pessoas assumirem os riscos financeiros adequados porque temem cometer um erro e aumentar a dívida – ou ter que confiar em ajuda de amigos e familiares. Como resultado, você pode fazer escolhas financeiras ruins – como ser muito conservador com seus investimentos ou não realizar o sonho de voltar a estudar para conseguir o diploma.

Solução: veja uma coisa a cada dia que você possa fazer para controlar a situação que está causando a ansiedade. Se você está preocupado com o esquecimento de pagar suas contas na hora, pense em configurar pagamentos automáticos ou criar lembretes de calendário que o alertarão no dia anterior ao pagamento.

2 Inveja

Então, o seu melhor amigo consegue pagar as parcelas da casa sem nenhum esforço? Consegue viajar com a família e trocar de carro todo o ano? Ok, talvez eu fique um pouco com inveja também. De acordo com estudos psicológicos, os seres humanos são criaturas sociais em constante comparação, então não se preocupe, isso é normal.

O que não é normal é você ficar obcecado e tentar ter uma vida em um padrão que você não consegue manter. Comprar casa, carro, viajar, gastar mais do que pode e se afogar em dívidas é um sabotador do seu próprio orçamento.

Solução: transforme sua inveja em uma oportunidade de crescimento ao usá-lo para pensar mais sobre suas finanças. Pense: o que está faltando em sua vida que você não tem? E mais, tente se concentrar no que tem e não no que está faltando! Seja grato!

3 Arrependimento

O arrependimento pode colocá-lo em uma mentalidade de vítima, onde você não consegue avançar. Por exemplo, você pode pensar consigo mesmo: “Eu não comecei a poupar para a aposentadoria quando eu deveria ter feito, e agora é muito tarde porque estou velho(a)”. Essa atitude de derrota só pode ajudar a piorar sua situação: se você acredita que você perdeu tempo, você pode decidir nunca poupar e gastar o dinheiro sem pensar no amanhã.

Solução: Use seu arrependimento para uma oportunidade de aprendizagem. aprender com os erros é uma das maneiras mais significativas de crescer. O remorso ajuda as pessoas entenderem o mundo, evitar comportamentos futuros com conseqüências negativas, obter uma visão e abraçar sua abordagem de tomada de decisão.

4 Constrangimento

Você está com dívida no cartão de crédito, tem parcelas do carro a pagar, tem um orçamento familiar passando dos limites. Seus amigos te chamam para jantar em um bistrô caro e você aceita para mostrar que pode pagar, mesmo que isso signifique comer macarrão por uma semana.

Quando está no happy hour do trabalho, seu colega pede a entrada e o vinho mais caro do menu e você pede apenas uma água porque está dirigindo. Na hora de pagar, você fica constrangido(a) em falar que ele deveria pagar mais.

Solução:  quando você está com alguém que conhece bem, vale a pena ser sincero. Se você está saindo com amigos para jantar, diga- os que quer economizar dinheiro e que quer a conta separada. Um bom amigo vai entender e encorajá-lo a não gastar mais.

5 Se sentindo sobrecarregado(a)

Você terminou a graduação recentemente e deve estar totalmente confuso sobre tomar decisões financeiras pela primeira vez, ou então você tem uma montanha de dívidas no cartão de crédito e não sabe por onde começar. Devo dizer que sentir-se dominado pelo dinheiro pode estar te impedindo à enfrentá-lo. É um dos sentimentos mais comuns que impedem as pessoas de agir.

Solução: Sentir-se sobrecarregado(a) pode ser o resultado de uma falta de controle. Então, tomar medidas – mesmo que seja algo pequeno – ajudará a te fazer dar um primeiro passo e seguir em frente em direção ao seu objetivo. Defina metas claras de onde você quer chegar.

6 Excesso de confiança

Então, você atingiu seu limite de cartão de crédito este mês (novamente) – mas você diz a si mesmo que não é grande coisa, você vai conseguir recuperar esse dinheiro gasto.

Embora seja ótimo ter uma visão alegre, o otimismo pode minar suas finanças. O excesso de confiança é o estado de espírito que leva as pessoas a mais problemas financeiros do que qualquer outra coisa.

Solução: Ter uma visão positiva pode ser uma chave para superar os problemas de dinheiro porque pode ajudar a dar-lhe a confiança para acreditar que você pode transformar as coisas.


Por fim

O que devemos nos esforçar é desenvolver uma relação mais saudável com o dinheiro.

A chave é encontrar paz e satisfação com ou sem muito dinheiro. Não devemos permitir que o dinheiro tenha poder sobre nós. Quando temos foco, com objetivos e metas bem definidas, quaisquer mudanças em nossa situação financeira serão menos impactantes nas nossas emoções.

Crie metas para seu dinheiro e suas crenças serão potencializadas com destino à sua meta. Pense também, quais são as suas prioridades financeiras? Por que elas são importantes e o que elas te trarão de mudanças em sua vida!


Quer saber sobre como economizar e ganhar renda extra? Veja os artigos:

  • Ama animais? Que tal hospedá-los e ainda ganhar com isso? Saiba mais aqui.
  • Gosta de redes sociais? Compartilhe os seus posts preferidos e seja pago por isso
  • Quer viajar GRÁTIS e ainda economizar com curso de línguas? Veja aqui
  • Tem livros usados para vender? Venda-os sem sair de casa aqui
  • Tem um carro e quer uma renda no final do mês? Use-o melhor com BlablaCar
  • Tem tempo livre? Responda pesquisas de 5min e ganhe alguns trocados aqui.
  • Faz compras online? Tenha o seu dinheiro de volta com o Cashback!
  • Pensa em dar aulas particulares em qualquer assunto, veja aqui

Sou formada em Administração e apaixonada por finanças pessoais. Quero ajudar cada vez mais pessoas lidarem melhor com o dinheiro para realizar seus sonhos.

Deixe um comentário